quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Fato e Farsa!:Você conhece a origem da Black Friday?

Gente, dia 24/11/2017 vai rolar a tão aguardada “Black Friday” ou “Sexta-feira Negra”. É promoção pra todos os lados, eu mesma já comecei a receber e-mail e mensagens no whatApp de sites e lojas anunciando diversos produtos com descontos.

Mas, de onde veio essa mania das lojas baixar os preços dos produtos, durante a última sexta-feira do mês de Novembro, coincidindo com o início das compras de Natal? E por que temos uma das piores Black Friday do mundo?

Como surgiu a Black Friday?
A expressão “Black Friday” foi utilizada pela primeira vez nos EUA no ano de 1869. Conforme O Globo, “ (...) os americanos Jay Gould e James Fisk tentaram tomar o mercado do ouro na Bolsa de Valores de Nova York. O governo foi obrigado a intervir para corrigir a distorção elevando a oferta da matéria-prima, fazendo os preços caírem e investidores perderam fortunas”.

Todavia, segundo a jornalista Nathália Arcuri, esse termo só foi utilizado em relação a área comercial, como conhecemos hoje, “lá pela década de cinquenta, [quando] os americanos inventaram uma mega liquidação no dia seguinte ao feriado de ação de graças (depois de descansar e comer o que você faz? compra, claro!) pra desovar mercadorias e incentivar o consumo antes do Natal. MAS NÃO É DE QUALQUER DESCONTO QUE EU TÔ FALANDO… SÃO MEGA, ULTRA, HIPER, BLASTER, MASTER descontos!”

Ainda segundo O Globo no Brasil a Black Friday, foi  “incluída no calendário comercial do país quando lojistas perceberam o potencial de vendas do dia, em 2010”. A jornalista Nathália Arcuri também menciona que essa época no nosso país coincide “com a época em que as firma tudo deposita a primeira parcela do 13º salário da galera e importou essa tradição pra cá”.

E por que temos uma das piores Black Friday do mundo?
No Brasil a ​Black​ ​Friday​​ apesar de ser um dia maravilhoso, é uma data repleta de problemas como cancelamento de entrega, falta de estoque e preços maquiados que geram tantas dores de cabeça, que fazem as farmácias faturarem uma nota $$$ com analgésicos.

Segundo a Revista Exame "(...) alguns comerciantes aproveitam a euforia dos clientes para criar descontos artificiais e empurrar promoções que não são nada vantajosas."
Também não podemos deixar de mencionar que impostos elevadíssimos e consumidores desatentos também possuem sua parcela de responsabilidade por uma das piores Black Friday do mundo.
Curtiu a história? Entendeu como surgiu a Black Friday? Então me siga no facebook, curta, comente e compartilhe!

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Conforto e beleza é essencial

Você tem a tradição de comprar roupa nova para vestir durante a virada do ano? Vai passar as férias na praia e ainda não comprou o biquíni e/ou maiô ? Foi convidada para um chá de lingerie e ainda não teve tempo para escolher o presente? Ou sua filha vira e mexe participa de noite de pijama?

Então você precisa conhecer a Le Lingerie, uma loja online que está repleta de blusas, legging, camisetes, modeladores, camisolas, sutiãs, calcinhas, corpetes, pijamas, conjuntos, camisolas, moda praia e muito mais.Tem um modelo mais bonito que o outro, com peças de qualidade e preço acessível.

Para isso, separei algumas peças pra vocês conferirem e conhecerem um pouquinho mais da Le Lingerie!
Não sei vocês, mas eu amo camisolas e pijamas. São super gostosos e dá vontade de ficar o dia todo com eles por isso, quanto mais melhor 😉



Tem cada lingerie mais bonita que a outra, né?! Me apaixonei por essa verdinha! 😍



A moda praia está um luxo!!




E a moda infantil faz o fofurômetro explodir 💗💗💗💗


Espero que tenham gostado das sugestões, deixe sua opinião nos comentários, compartilhe com as amigas.
E não deixe de entrar no site Le Lingerie e acompanhar o Facebook e Instagram da loja, hein?

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Você se boicota? 3 atitudes que podem arruinar seus sonhos de consumo.

Se você tirou alguns minutos do seu precioso tempo pra ler este post é porque tem algo em mente e provavelmente não está conseguindo realizar. Acertei?
(Espero que não! gosto mesmo é quando o povo aparece aqui dizendo que está realizando todos os sonhos de consumo graças aos ensinamentos da Sara! hahahaha)
Bom, voltando…
Se está difícil de realizar AQUELE sonho de consumo, leia este post até o final. Pode ser que depois dessa experiência as coisas comecem a mudar para o seu lado!
A questão é: Este objetivo de vida ainda não foi realizado porque depende da ação de outras pessoas e fatores da vida sobre os quais nós não temos controle (tipo ganhar na mega-sena) ou depende apenas do seu empenho, disciplina e força de vontade?
“Xi, lá vem ela com aquele papo de guardar dinheiro de novo” , você pode pensar. E adivinha: O buraco hoje é muito mais embaixo.
Pronta?
Então vamos às

3 Atitudes que podem arruinar os seus sonhos! IIIIIIhááááá!

ATITUDE SABOTADORA DE SONHOS #1  Tampar os olhos para a realidade.

Já dizia minha avó: o pior cego é aquele que não quer ver. Não quer ver a conta bancária, não quer ver o tempo que perde em redes sociais enquanto poderia estar produzindo, amando, correndo, ganhando, lendo e outros gerúndios… Não quer ver o próprio talento, não quer ver as próprias prioridades, não quer ver os amigos sabotadores… Enfim, a cegueira imaginária é a atitude que te impede de ver a vida com outros olhos: os olhos da realidade.
Olhos tampados e o dinheiro: Os amigos podem falar, a família pode mostrar que a situação está realmente preocupante, que não será possível quitar as contas do mês, que a fatura do cartão de crédito vai entrar no rotativo, mas a cegueira não permite que a vítima desse mal consiga enxergar a realidade. Ela continua comprando o que não precisa, convence a sí mesma de que precisa e dane-se o que o resto do mundo pensa. O problema é quando a cegueira passa momentaneamente e a sabotadora percebe que quando abre os olhos não tem absolutamente nada do que realmente gostaria de ter.

Como reverter? Abra os olhos, ora bolas! Tire o extrato, faça uma visita ao gerente do banco, avalie a situação, relembre os sonhos de consumo (sonhos grandes) que você tinha quando era mais nova e pense em tudo o que você deixou de fazer por ele.

Eu disse que o buraco era fundo…

ATITUDE SABOTADORA DE SONHOS #2  Achar que a culpa nunca é sua!

Não deu pra viajar este ano? Culpa da Dilma. Não deu pra comprar um carro, culpa da inflação. Não deu pra ficar com o corpo em forma, culpa da Paola Oliveira que deixou o derrière à mostra, aumentou o ibope e reduziu a auto-estima. (essa última foi pra mim). Falando sério agora… Quem busca sempre um culpado para as próprias frustrações perde incríveis oportunidades de aprender com os próprios erros e criar novas maneiras de conquistar grandes objetivos. Se você é daquelas que está sempre procurando um responsável para os seus fracassos, desculpe, você está se sabotando.

A culpa nunca é sua e o dinheiro: Quanto mais fugimos da responsabilidade, mais distantes ficam os planos que elaboramos para a nossa vida. Se você quer ter dinheiro, seja responsável pelo seu. Se quer que ele se multiplique, pare de gastar a toa e se quer que ele te ajude, pare de mal-tratá-lo.

ATITUDE SABOTADORA DE SONHOS #3  Querer dar o passo maior do que a perna.

Quem curtiu as músicas da década de 80 e 90, como eu, vai se lembrar do “Step by Step…. Uh baby!” do New kids on the block. Se você soubesse a lição de vida que existia naquela música talvez tivesse até dançado um pouco mais. Só no ombrinho…
Olha como os caras eram filósofos…
“step by step” = passo a passo = uma coisa de cada vez !
Depois deste momento nostalgia (se você nasceu depois de 1990 e não entendeu, dá um google em New Kids On The Block, eles eram o nosso One Direction), repare nas fotos abaixo… Os exemplos foram exagerados pra ficar claro como funciona a mente de uma sabotadora, ou sabotador.
Pessoas que tentam pular etapas e chegar logo aonde sonham costumam ser as primeiras a ficar pelo caminho. Talvez você conheça alguém assim. É aquela pessoa que está desempregada há seis meses, recebe uma oferta de emprego bacana, mas como não é na empresa que ela sonhou, recusa a proposta. O que ela é? Sabotadora. Se aceitasse a proposta, teria o salário todo mês para se preparar melhor, ganhar novas habilidades e experiências e assim, ficar mais perto do objetivo final, que é trabalhar na melhor empresa.
Outro exemplo?
A pessoa sonha alto,  quer porque quer um apartamento no bairro mais chique da cidade e ponto. Ai parece um negócio da China em um bairro bom, mas popular, com possibilidade de valorização no medio prazo. A pessoa tem o dinheiro na mão pra comprar o AP pequeno, mas que cabe no orçamento e o que ela faz? Recusa a oportunidade porque afinal ela quer o grande e caro.

“O passo maior que a perna” e o dinheiro: A grande cilada dessa atitude sabotadora é que ela pode nos cegar também. O sonho parece tão distante que guardar dinheiro pra ele soa como um desperdício de tempo… e de dinheiro. Mas só parece.  No fundo, o passo mais curtinho e bem planejado é mais difícil de dar justamente porque é possível. Quando colocamos na nossa cabeça que “tal coisa é impossível” nos eximimos de qualquer culpa e aí fica mais fácil continuar a sabotagem diária.
Mas pense bem:
Quem está sendo sabotada nessa história? Vale a pena continuar tomando as mesmas atitudes? O que você pode fazer hoje pra mudar e começar a agir como uma merecedora e não sabotadora?
Essas respostas você terá que encontrar sozinha, mas tô aqui pra ajudar!
Ah, não esqueça de compartilhar este post com as pessoas que andam se sabotando sem perceber!

Fonte:Me Poupe

domingo, 22 de outubro de 2017

13 Remédios Anti-Inflamatórios Naturais

A maioria das inflamações é causada principalmente pelos alimentos que ingerimos. Os alimentos industrializados, enlatados e os congelados tem maior chance de causar a inflamação.

A inflamação apresenta patógenos como as bactérias que podem invadir nosso corpo e nos deixar menos saudáveis.

No entanto, quando estas inflamações duram mais do que deveriam, podem se tornar um problema sério e causar uma doença grave.

Como, por exemplo, a obesidade muito comum nos dias de hoje, as pessoas não tem cuidado com sua alimentação e posteriormente só retornarão ao seu peso e saúde com dietas detox, a dieta dukan entre outras.

Saiba como você pode diminuir a inflamação com os 13 alimentos anti-inflamatórios que são indicados pela ciência.

1. Cúrcuma
Ela vem da índia, e é um tempero reconhecido pela sua cor amarela.

No entanto, nos últimos anos, essa espécie ganhou popularidade por suas propriedades anti-inflamatórias, propriedades que foram estudadas em múltiplas ocasiões.

A cúrcuma possui um composto ativo, conhecido como curcumina, que consegue diminuir a inflamação no nível molecular.
















2. Azeite extra virgem
Um dos óleos mais saudáveis que existem é o azeite extra virgem, assim como o óleo de coco.


Destacada pelo seu alto teor de vitamina E, e vitamina K, bem como gorduras monoinsaturadas saudáveis, sendo o mais abundante em ácido oleico.
3. Peixes ricos em ômega 3
Existe uma variedade de peixes que são muito ricos em ácidos ômega 3, gordura saudável e essencial que não pode ser sintetizada pelo corpo humano.


Os ácidos ômegas-3 tem sido objeto de extensa pesquisa por causa de suas múltiplas propriedades terapêuticas e demonstrou que seu consumo em suplementos ou dieta diminui significativamente a inflamação.
4. Cacau (chocolate preto)
Os efeitos anti-inflamatórios do cacau são mais do que comprovados.

No que se referem às doenças cardiovasculares, os poli fenóis encontrados no cacau demonstraram melhorar os marcadores de inflamação em pacientes com alto risco de doença cardíaca, diminuindo assim a probabilidade de aterosclerose.

Os flavonoides de chocolate, uma variação de poli fenol, tem a capacidade de aumentar a biodisponibilidade do óxido nítrico, conhecido por manter o endotélio saudável com vários mecanismos, sendo um deles uma diminuição dos fatores inflamatórios.

5. Abacates
Os abacates são um fruto de uma combinação única de dioses.
Tem gorduras saudáveis, entre os quais é realçado o ácido oleico o que foi mostrado que colabora na redução dos níveis de marcador inflamatório C - proteína reativa.

O consumo de abacate proporcionará quantidades significativas de vitamina K, fibra, ácido fólico, vitamina C, potássio, certas quantidades de vitamina B e minerais.
6. Gengibre
O gengibre tem sido usado como um remédio natural contra muitas doenças ao longo dos anos.

Seu uso tem uma longa história e uma das propriedades mais conhecidas é a capacidade de servir como agente anti-inflamatório, pois possui um composto bioativo chamado gingerol, responsável por efeitos positivos na inflamação.
7. Frutos vermelhos
Os frutos vermelhos são um grupo de frutas que tradicionalmente cresceu no combate da inflamação, entre elas podem ser encontrados as amoras, framboesas, mirtilos e morangos.

Este tipo de fruta se destaca pelo alto teor de vitamina C, fibra e água, além de outros compostos vegetais.

Os frutos vermelhos têm antioxidantes da família antocianinas, um pigmento natural que lhes dá a cor vermelha, mas também possui efeitos anti-inflamatórios.
8. Cogumelos
Os cogumelos comestíveis são muito apreciados na gastronomia.
Existem variedades deles, mas tenha cuidado porque alguns podem ser venenosos.

Este grupo de alimentos caracterizou-se pelo baixo teor calórico e também por um grande número de substâncias que combatem a inflamação.

Aparentemente, eles podem ser eficazes na prevenção e melhora das doenças intestinais e inflamatórias, como a síndrome do intestino irritável.

No entanto, demonstrou-se que os efeitos anti-inflamatórios dos cogumelos são reduzidos consideravelmente após cozinhados.



















9. Tomates
Os tomates são vegetais muito comuns em vitamina A, vitamina C, vitamina K e vários tipos de minerais como o potássio ou o magnésio. No entanto, outros compostos de tomate são a causa de suas propriedades anti-inflamatórias.


O licopeno é um pigmento natural, um antioxidante apontado pela sua capacidade de diminuir as respostas inflamatórias ligadas ao câncer.























10. Uvas
Como frutas vermelhas, as uvas possuem antocianinas, que já explicamos ser um composto antioxidante capaz de reduzir a inflamação.

De acordo com vários estudos, a melhora nos marcadores de inflamação produzidos pelo consumo regular de uvas pode reduzir o risco de diferentes tipos de doenças.

Doenças relacionadas à idade.

Doenças dos olhos.

Doenças cardiovasculares.

Da mesma forma, uma substância encontrada no resveratrol de uvas, tem muitos benefícios saudáveis, todos eles melhorando os níveis de inflamação.
11. Cerejas
Os antioxidantes encontrados nas cerejas, como catequinas e antocianinas, possuem importantes propriedades anti-inflamatórias.

Em vários estudos científicos, provou-se que o consumo regular de cerejas, acalma dores e reduz a inflamação indicada pelos exercícios físicos.


















12. Pimentas / pimentões
As pimentas têm um grande número de substâncias com potentes efeitos anti-inflamatórios, por exemplo, capsaicina.

A quercetina, flavonoide antioxidante encontrada em pimentas tem sido associada à prevenção de inflamações e infecções, bem como à redução do estresse oxidativo e inflamação em pacientes com sarcoidose.

Outro tipo de antioxidantes, como o ácido sinapínico ou ferúlico obtido em algumas variedades de pimentas, também mostrou ter propriedades anti-inflamatórias.
13. Brócolis
Os brócolis são um vegetal cruciferante rico em vitamina K e vitamina C.

Devido ao seu teor de isotiocianato, principalmente sulforafano, o consumo de brócolis pode reduzir significativamente a inflamação e prevenir doenças como o câncer.
Para conseguir o cardápio grátis e os detalhes passo a passo da nutricionista, entre no seu navegador e digite dieta.blog.br tudo está na matéria: dieta dukan: dieta das celebridades perca 9 kg em 15 dias.

E aí, gostaram da dica? Então aproveita pra me seguir nas minhas redes sociais, vamos ser @migas?
            Instagram   Fanpage    Grupo do Facebook  

E, claro espalhe essas dicas por aí!Curta, compartilhe, comente e confira  o vídeo com os melhores alimentos anti-inflamatórios.



* Texto escrito e enviado pela Professora Rosi Oliveira