sábado, 9 de janeiro de 2016

Dicas de material escolar para alunos com deficiência


Olá meus amores!

Estamos em janeiro, período do ano em que os pais começam  a comprar o material escolar dos filhos. Lembro que quando eu era criança eu amava quando minha mãe chegava com canetinhas,  camisa, apontador, lápis, cola, mochila e livros novos. Para mim, era uma alegria! Assim que minha chegava em casa, já abria tudo, encapava os livros com plástico de bolinhas, etiquetava tudo com meus dados.

Sempre estudei em escola regular numa época em que os professores ainda desconheciam o conceito de escola inclusiva,  e de materiais escolares adequados que amenizam e/ou resolvem as dificuldades enfrentadas pelos alunos com deficiência.
Como recentemente conclui um curso de Aperfeiçoamento em Atendimento Educacional Educacional, resolvi fazer um post indicando alguns recursos pedagógicos que podem “facilitar a compreensão e execução por alunos com dificuldade de coordenação motora, déficit visual e cognitivo, proporcionando-lhe mais independência e autonomia na execução das atividades” (Cartilha de Tecnologia Assistiva, p.53). Então, confira as dicas abaixo:
Alunos com dificuldade de coordenação motora


Pesquisando sobre  Engrossadores que facilitam a preensão de canetas, lápis, pincel encontrei, no instagran @atividade_adaptada da pedagoga Sara Yoshikawa, esses lápis com “Engrossadores” na cor de cada lápis.

O Grip Mercur se encaixa em vários tipos de materiais, como lápis, canetas, pincéis finos, entre outros.



Já a tesoura adaptada  facilita as atividades dos alunos com problemas de coordenação motora, dificuldades de preensão, dificuldade de graduação de força e lateralidade. Elas são facilmente encontradas em lojas de produtos ortopédicos ou papelarias. Aqui na internet encontrei umas no site da  Loja Brinde as Compras e no site Amazon.

Borrachão Mercur é grande e pesado, por isso, apaga áreas maiores e deixa os movimentos mais estáveis e seguros, principalmente para quem possui alguma dificuldade motora ou tremor nas mãos. Apaga escrita de lápis e lapiseira e possui o nome do produto em português, Libras e escrita de sinais impresso na borracha.
Alunos com déficit visual



reglete de mesa - cegos - de papo com Claudinha.jpg
punção - cego - deficiente visual- de papo com Claudinha.jpg
Reglete de Mesa
Punção

O aluno fixa o papel na reglete, e com o punção vai fazendo os pontos que formam as letras. Encontrei no site da loja Civiam esses e outros modelos.


Sorobã é um aparelho  adaptado para o uso de pessoas com deficiência visual, se destaca  pela  rapidez e eficiência na realização das operações matemáticas e também pode ser encontrado na Loja Civian.Por conseguinte, os alunos com baixa visão poderão beneficiar-se do uso de  suportes de leitura, pranchetas, lentes, lupas, telescópios e óculos especiais  mediante orientação médica e, se necessário, um trabalho de estimulação visual e de orientação aos professores e à família.Abaixo temos a Lupa Eletrônica Eye-Q que é um vídeo ampliador ideal para escrita e leitura em casa, no mercado, no trabalho e na escola. Leve, portátil, cabe em qualquer bolsa, possui bateria interna, inclui recarregador bivolt pode ser encontrada no site da Loja Civiam.Vejam no vídeo, abaixo, como ela funciona.





Já a Prancha de Leitura Inclinada com Lupa deslizante possui 22 graus positivos (dioptrias), 5 cm de diâmetro, aumento de 6x , com ajuste de foco individualizado, que também pode ser utilizada separadamente do conjunto e pode ser adquirida pelo site da empresa Bonavision.Vejam no vídeo, abaixo, o seu funcionamento.

Alunos com déficit cognitivo

Nós estamos vivendo uma fase onde a utilização de aplicativos está revolucionando a vida das pessoas em todos os parâmetros. E com a educação não é diferente, a cada dia são criados novos aplicativos sugeridos para pessoas com autismo, paralisia cerebral, síndrome de down e dificuldades cognitivas de aprendizagem. No vídeo, Davi Barbosa, traz quatro dicas de aplicativos para crianças autistas.


Um outro exemplo de ferramenta pedagógica que auxilia na alfabetização de crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual e com dificuldades cognitivas de aprendizagem é o software Participar.


A ferramenta foi criada e implementada na UnB por professores e alunos do Departamento de Ciência da Computação, com o apoio da Secretaria de Educação do GDF e da UnBTV e está disponível, para ser baixado gratuitamente, no site do Projeto Participar.Para vocês conhecerem melhor o software assistam o vídeo abaixo.
E por fim, papais e mamães, volta às aulas combinam com mochila e estojo novo. Para isso,escolhemos algumas dicas perfeitas para vocês fazerem a alegria de seu filho ou filha.Encontrei no site da Loja Imaginarium a Mochila Bicolor grande e pequena, ideais pra pai ou mãe e filhos poderem sair por aí cheio de modo elegante.

Também a Loja Imaginarium  tem um estojo super perfeito para seu filho ou filha  guardarem suas canetas, lápis, borrachas e tudo o que ele precisar como, por exemplo, os engrossadores. Ele também pode ser utilizado para guardar as makes básicas do dia, alguns batons, lápis para olhos, rímel.

E aí gostaram?! Contem nos comentários sobre o material de vocês! Beijos!


**Lembrando que esse post não é um publieditorial, nem mesmo algo em parceria com as lojas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário