terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Pequenas no Tamanho e Grandes no Estilo

A antiga expressão popular diz que “são nos menores frascos que se encontram os melhores perfumes”, mas para quem, assim como eu, desejaria ter alguns centímetros a mais e/ou tentar de todas as formas aparentar ser um pouco mais alta do que é, alguns truques de moda podem te ajudar a valorizar (ou enganar) a estatura.
Antes de enumerá-las, as dicas vão além do salto alto e do super coque no topo da cabeça que algumas meninas recorrem para parecerem mais altas e, além disso, o recurso do salto para quem utiliza cadeira de rodas é pouco útil. Certo?! No entanto, não se trata de REGRAS ABSOLUTAS para você, mulher baixinha! Na realidade, normas devem ser banidas do seu estilo e guarda-roupa e, claro, você deve usar somente aquilo que te faz FELIZ!

As dicas que trago abaixo funcionam comigo e se trata, em muitos casos, de meramente ilusão de ótica, mas que irá te ajudar a dar uma impressão de silhueta mais longilínea. Vamos descobri-las?

1 – ESTAMPAS GRANDES (MAXI ESTAMPAS)
Quem tem o corpo pequeno ou compacto deve evitar as peças com estampas muito grandes por causarem a impressão de o corpo ser menor do que aparenta ser. As baixinhas devem investir em estampas minimalistas ou looks monocromáticos.

Amante do tamanho "midi", a socialite Kim Kardashian sempre utiliza o modelo
de cintura alta ou aliado a um top cropped. Além disso, Kim adora
os looks monocromáticos. 
2 – SAIA MIDI
Muito utilizado pelo clã Kardashian, as saias de comprimento midi podem achatar a silhueta. Se você gosta da peça e deseja usá-la a todo custo, opte pelos modelos de cintura alta. Em todo caso, as mulheres baixinhas devem investir em saias e vestidos de comprimento mini por deixar a pele mais a mostra e causar a ilusão de pernas mais longas.

3 – SAPATILHAS
Quem diz que mulher baixinha só pode usar salto alto está enganado! O calçado deve ser utilizado por todas, mas quem deseja causar a impressão de silhueta alongada deve investir em um modelo cor de pele quando as pernas estiverem de fora e, em dias mais frios, um modelo da mesma cor da meia-calça ou da legging.

4 – TECIDOS VOLUMOSOS
Lembre-se que tecidos volumosos não são sinônimos de tecidos pesados! Na verdade, as peças acolchoadas, a lã grossa e densa, o veludo e as tramas fechadas é que, de fato, irão te encurtar ainda mais. Assim, prefira os tecidos fluídos ou que são mais sequinhos ao corpo.

5 – CALÇAS
Apesar de terem saído um pouco de evidência, a moda costuma ser cíclica e os modelos corsário e capri devem ser evitados por “cortar” a silhueta. Opte pelos cortes afunilados e abaixo do tornozelo. Se estiver usando salto alto, os modelos longos, cobrindo os sapatos, e em tecidos fluídos também são uma opção.

As baixinhas devem dar preferência aos colares e correntes na altura
do busto ou logo abaixo.

6 – ACESSÓRIOS
Evite bolsas grandes e de alça curta, os cintos devem ser preferencialmente mais finos, os cachecóis pesados devem ser substituídos por lenços ou echarpes e os melhores colares são os compridos na altura do busto ou mais abaixo.

Gostou das dicas ou não concorda com o que foi dito? Escreva para mim e me fala a sua opinião: hrocha@live.com Acompanhe também os últimos looks do Moda Em Rodas no Instagram ou na página do Facebook.



Nenhum comentário:

Postar um comentário