quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Minhas metas para 2017

Gente, quem aqui faz metas para o Ano Novo? Eu acho muito importante fazer metas. Mas, você sabe o que é uma meta boa? Na minha opinião, meta boa é meta cumprida.Então, este post é pra você que todo ano promete que vai fazer um bocado de coisas (como emagrecer, por exemplo) e nunca cumpre.Será que isso já virou tradição?

Comente aí, embaixo, que promessas você fez no final de 2015 e não cumpriu em 2016? O Instituto de Pesquisas e Estatísticas informa que 93% das pessoas não conseguem cumprir o que prometem para o ano novo. SURPREENDENTE, NÉ?!Eu mesma prometi que ia fazer a reforma do meu banheiro, em 2016, e a reforma não saiu. 😐

Mas, esse ano eu quero fazer parte dos 7% dos que conseguem.🙌E vocês também querem fazer parte desse grupo? Então, eu resolvi escrever  aqui as minhas metas do Ano Novo.

Que tal vocês escreverem também suas metas, na sua linha do tempo no facebook, assim os amigos podem nos ajudar a buscar aquilo que queremos!!! Tente aí vai!!!Mas, vocês sabem a diferença entre promessas e metas?

  PROMESSAS X METAS

Um exemplo de promessa é: Eu quero juntar dinheiro no ano de 2017. Já a meta é : No dia 03/10/2018 eu terei 35 mil reais pra fazer a minha viagem de volta ao mundo, pois eu sonho em conhecer várias culturas.
Perceberam a diferença de uma promessa para uma meta? Essa última foi elaborada e entrou no esquema SMART, que significa:

ESPECÍFICA

 MENSURÁVEL

 ATINGÍVEL, PORÉM OUSADA

 RELEVANTE PRA MIM

 TEMPO


Seguindo o esquema  SMART, as minhas metas para 2017 serão:
META 1: ORGANIZAR MELHOR MEUS HORÁRIOS
A)Para isso vou começar a fazer uma lista com as atividades que preciso realizar e das pendências que preciso finalizar semanalmente;
B) Reservar momentos específicos entre as atividades do meu dia a dia para conferir o Instagram e o Whatsapp;
C) Dormir mais cedo;  
D)Não procrastinar as atividades importantes, principalmente as maiores e/ou mais complicadas;
UMA HORA A GENTE CANSA DE SER BESTA
META 2: POUPAR E PARAR DE SER BESTA

“Como assim? Bateu  a cachola, Claudinha?”😕

Talvez.

Afinal de contas eu sou muito besta quando menosprezo o poder de uma pechincha e deixo de pedir desconto por vergonha. Sou besta quando esqueço a luz acesa.Fui besta quando comprei duas bolsas por influência da minha irmã. Também sou besta quando fico a noite me entupindo de sorvetes e sobremesa.

E principalmente: fui besta quando acreditei que o amanhã seria melhor mas não fiz nada pra isso acontecer. É claro que a minha lista de besteiras e pequenos gastos é longa… mas achei melhor parar por aqui.

Então é isso, vou me policiar  todos os dias para frear o meu instinto financeiro que teima em continuar sendo besta.

Comente lá embaixo, em que momentos vocês também foram bestas.

DINHEIRO NÃO TRAZ FELICIDADE.DÊ-ME O SEU E VIVA FELIZ.😆


META 3:
COLOCAR EM PRÁTICA A REGRA DOS 50-35-15

A regra dos 50-15-35 funciona de forma muito simples e eu resolvi adaptar a minha realidade e transformá-la na regra 50-35-15. Para isso imagine eu pegando meu salário e guardando em três gavetas:

Gaveta 01: Guardar 50% para gastos essenciais:

Nessa gaveta eu colocarei minhas despesas com telefone, convênio médico, remédios e como moro com meus pais dou um valor X para entrar  na categoria gastos como: conta de luz, gás, telefone, gasolina, manutenção do carro, feira e supermercado.

Gaveta 02: Guardar 35% para prioridades financeiras:

A minha prioridade é poupar 35% da minha renda por mês, ou seja, pretendo construir uma reserva de emergência para que eu não precise me endividar no momento da reforma.

Gaveta 03:Guardar 15% para manter meu estilo de vida:

Com os gastos essenciais em ordem e as prioridades financeiras garantidas, estarei livre para usar o dinheiro com o que me dá prazer. Essas despesas são aquelas que não são essenciais (ou seja, podem ser cortadas em um momento de aperto), mas são importantes para que eu me divirta e aproveite a vida: bares e restaurantes, balada, salão de beleza, viagens e compras no shopping são exemplos.Nessa situação, estarei livre para gastar sem culpa nenhuma.

META 4: GANHAR UM DINHEIRINHO NAS HORAS VAGAS


Mas, com certeza vocês devem está pensando.
“Coitada da Claudinha, fica sonhando com essa reforma ganhando um salário de professora e pra piorar congelado por 20 anos”
Calma gente eu não esqueci que sou professora, ganho pouco e que a PEC foi aprovada. Até  já falei aqui sobre  a relação da PEC e as pessoas com deficiência. Ainda não viu? Então, CLIQUE AQUI.
Mas, voltando ao assunto da reforma  lá no texto Enquanto a reforma não sai   eu contei  que eu vinha economizando nos últimos cinco anos meu 13º salário, minhas férias e R$ 10,00 quando sobrava do meu salário de professora.😌 E em setembro desse ano conversei com uma arquiteta que fez o projeto do meu banheiro e estava me ajudando na estruturação de um plano para realização da obra que consistia na mudança do piso da casa, na reforma do meu banheiro e na decoração do meu quarto.
E quando a arquiteta terminou o projeto do banheiro e já íamos partir para a compra dos materiais e contratação da mão de obra, meu pai precisou fazer uns exames e uma pequena cirurgia.Além do susto eu paguei a cirurgia e alguns exames dele com o dinheiro da reforma.Saúde não espera, né?!! Mas, graças a Deus, ele agora está bem.
Todavia, também nesse momento o meu salário e a aposentadoria da minha mãe começaram a ser pagos com atrasos.E eu decidi que a partir daí ia fazer algo nas horas vagas para complementar a renda e fui pedir conselhos a um amigo que é cadeirante e que já trabalha com internet há um tempo.
Contei para ele o que estava acontecendo e que eu pretendia possuir uma renda complementar que desse pelo menos para eu pagar a internet.@💻 E para minha surpresa ele estava precisando de alguém que editasse os textos do site dele e perguntou se eu não topava trabalhar para ele como freelancer.
Sacaram, né?! Não? Deixa que eu explico se em 2017 eu consegui pagar minha internet como freelancer eu estarei economizando R$ 1200,00 que irão direto para meu lindo banheirinho.

META 5: REFORMA E GRAVAR VÍDEOS
Meu principal objetivo é possuir, até julho/2018, 7 mil reais para fazer a reforma do  meu banheiro e aproveitar o assunto para fazer vários post contando o passo a passo dessa reforma. E se sobrar uma grana eu quero fazer um cantinho bem bonitinho no meu quarto para gravar uns vídeos. Já pensou?! Sonho meu…

E aí, gente, que metas vocês vão cumprir em 2017?  Compartilhe com a gente nos comentários!
E eu gostaria de agradecer as mais de 17 mil que recebi mês passado em forma de acessos, obrigada, muito obrigada!  Vocês não imaginam o quanto é bom notar que os acessos aumentam todo mês e que todo o trabalho feito aqui é de certa forma reconhecido.
E por fim eu desejo a todos vocês um 2017 cheio de sucesso e paz (e com muitas metas cumpridas)!
Fanpage - CLIQUE AQUI
Instagram - CLIQUE AQUI
Twitter - CLIQUE AQUI
Email - claudiacma7@gmail.com

sábado, 24 de dezembro de 2016

As crianças, o consumismo e os presentes de Natal

O Natal se aproxima e traz consigo a conhecida correria em busca dos presentes! A propaganda em massa destinada ao público jovem se intensifica nessa data e os pais precisam saber que os adultos possuem uma capacidade intelectual e emocional maior do que a das crianças para resistirem aos atrativos dos comerciais e da decoração das lojas. Pelo menos esperamos que sim!
Vemos as crianças muito animadas e ansiosas pela chegada do dia 24 de dezembro, mas presenciamos também pais não muito confortáveis em suas decisões de compra. Essa data é um ótimo momento para trabalhar alguns conceitos de Educação Financeira com os jovens. Os motivos do desconforto que atinge muitas famílias giram em torno das dúvidas em relação aos valores dos presentes, da falta de recurso financeiro para atender ao pedido dos filhos e a arriscada decisão de encarar um endividamento nesse momento.
O ideal seria fazer uma reserva financeira no decorrer do ano para a compra dos presentes de Natal, mas como esse hábito ainda não está consolidado entre nós, ou não temos condições de guardar um dinheiro para esse fim, outras atitudes podem ser tomadas para minimizar possíveis descontentamentos, principalmente por parte das crianças e jovens.
Especialistas aconselham o envolvimento das crianças em torno das festividades do final de ano. Reunir a família para decidir sobre a decoração da casa, da compra dos enfeites, da reciclagem de objetos natalinos e dos itens da ceia são ótimas oportunidades de aprendizagem financeira. Aspectos como planejamento, utilização de recursos, opções de compra e negociação de preço são trabalhados nesse momento através de papos prazerosos e divertidos.
Os presentes de Natal também podem e devem ser negociados com as crianças. Uma alternativa, principalmente para crianças maiores de 6 anos, é a lista de desejos, onde elas escrevem o que querem ganhar. Com essa lista e a ajuda dos pais é possível escolher as melhores alternativas.
Os pais precisam ter em mente a necessidade de partilhar com os filhos alegrias e dificuldades. É necessário ter coerência e os presentes precisam estar de acordo com a situação financeira da família – por isso a negociação é tão importante para evitar frustrações.
Mesmo quando o problema não é o dinheiro limitado, é importante e altamente educativo conversar com os filhos sobre seus desejos e necessidades. Em ambas as situações os pais estarão ensinando valores imprescindíveis para a formação de um consumidor consciente e de um adulto que não cairá facilmente nas armadilhas de um consumo vazio e vicioso.
O psicólogo da USP Yves de La Taille alerta sobre a existência de um verdadeiro “exército simbólico” que adentra as defesas psíquicas ainda frágeis das crianças para convencê-las a comprar isto e aquilo. Vemos sinais disso nas influências que as celebridades têm sobre esse público, nos filmes, seriados e nos comerciais de TV. Os adultos atentos e presentes na vida dos filhos são capazes de direcionar as melhores opções escolhendo alguns presentes com melhor custo/benefício.
Vejamos o caso dos celulares, item muito desejado pelas crianças e adolescentes. A negociação gira em torno dos modelos, marcas, dos aplicativos, cores, operadoras com melhores ofertas. Afinal, podemos encontrar modelos similares com variações de preço significativas.
Importante: Todos os momentos sugeridos devem ser realizados em um clima descontraído e com diálogos adequados a cada faixa etária. Imprescindível é manter o clima de surpresa até o início das Festas!
Natal é um momento para estarmos juntos das pessoas que amamos e celebrarmos a Vida. Trocar presentes faz parte dessa data e é um dos momentos mais esperados pelas crianças, mas sempre é bom lembrar as palavras da escritora Ruth Ann Schabaker: “Cada dia chega trazendo seus próprios presentes. Desamarre as fitas”.


Então é isso, gente, desejo a vocês um Natal repleto de Amor, abraços apertados, sorrisos, amigos sinceros, sonhos realizados e tudo mais que possa te fazer feliz.Obrigada pelo carinho diário comigo. Feliz Natal!
Fanpage - CLIQUE AQUI
Instagram - CLIQUE AQUI
Twitter - CLIQUE AQUI
*Fonte: dinheirama.com
**Imagens do Google


domingo, 18 de dezembro de 2016

Estacionamento, multas baratas e falta de fiscalização em Caicó


Gente, desde o dia 01 de novembro de 2016, quem colocar a Lata Velha sem necessidade e direito em vagas de estacionamento reservadas às pessoas com deficiência ou idosas está sujeito a perder sete pontos na carteira e tomar multa com valor aproximado de R$ 293,47.
O custo que era R$ 127,69  mais que dobrou, a infração de categoria leve passou para gravíssima. Todavia, não me surpreende que em Caicó uma cidade de povo alegre, hospitaleiro e MUUUUUITO RICO não está nem aí para essas multas.
Não resta dúvidas que esse valor como lembrou o jornalista Jairo Marques “[...] permanece uma pechincha comparado às 1.000 libras [...], aplicadas em Londres ou aos 450 dólares canadenses (cerca de R$ 1.300), praticados em Toronto [...]”.
Somado a esse valor irrisório temos a falta de fiscalização. Afinal de contas, as viaturas quebradas, os salários atrasados e o preço altíssimo do protetor solar são motivos de sobra para os policiais do trânsito não ficarem queimando no sol causticante do Seridó.🔆

E como consequência de tudo isso mais uma vez eu fiquei sem poder resolver minhas pendências na Caixa Econômica, pois o estacionamento reservado para pessoas com deficiência estava ocupado.
Por incrível que pareça esse mesmo estacionamento foi  ocupado no dia 02 de dezembro ,( exatamente 13 dias antes de minha ida à agência), por cadeiras de rodas nas quais foram afixadas papéis com as desculpas mais comuns usadas pelos motoristas que estacionam na vaga para pessoas com deficiência.
Essa ideia partiu da Associação das Pessoas com Deficiência e Amigos de Caicó e teve o objetivo de chamar  a atenção da população para o fato de que diariamente muitas pessoas com deficiência, idosos ou com uma perna quebrada passam ali pela rua e tem que voltar para casa sem sacar seu dinheiro ou pagar uma conta, por ter alguém que estacionou o carro na vaga de deficiente e de idoso.


Ainda é importante saber que para ter direito a estacionar na vaga reservada às pessoas com deficiência e idosas precisam ter um cartão o qual é colocado no painel do carro.Esse cartão tem validade nacional e se diferencia daquele adesivo que era colocado no pára-brisa do carro e pode ser utilizado tanto no seu veículo próprio como no de terceiros.   
Ou seja, o cartão tem a função de informar que naquele momento uma pessoa com deficiência ou idosa está sendo transportada naquele carro.Eu retirei o meu cartão na Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito Urbano (STTU), na cidade de Natal.

Então, é isso gente,um dos desafios do novo prefeito de Caicó será aumentar a fiscalização e por consequência colocar ordem nesse caótico trânsito de Caicó.Quer saber mais informações sobre o cartão de estacionamento? É só clicar AQUI e assistir um vídeo que eu deixei lá na minha página do facebook.
E por fim curtam, compartilhem, comentem e não esqueçam de se inscreverem lá nas minhas redes sociais para não perderem outras informações.
Um suuuper beijo no coração!
Fanpage - CLIQUE AQUI
Instagram - CLIQUE AQUI
Twitter - CLIQUE AQUI
Email - claudiacma7@gmail.com


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

10 Dicas para economizar nas festas de fim de ano!

É meu povo o Natal está logo ali, mas a crise enxugou os empregos, aumentou a inflação e provocou este cenário de incertezas que faria Papai Noel pensar duas vezes antes de contratar novos duendes.
Por isso…
Há poucos dias do Natal muita gente se pergunta se deve passar a data em branco, enfiar o pé na jaca e parcelar todos os presentes ou, quem sabe, pedir aos familiares que se contentem com lembrancinhas.
Pensando nisso, elaborei uma lista com algumas dicas para economizar nas festas de fim de ano e a fazer uma bela média com a família e os amigos. É simples, quer ver?

1) Peça ajuda para a ceia


Não é porque você está oferecendo a casa que precisa pagar a conta toda, né?! Se convidou amigos e parentes para usufruírem do conforto do seu lar e do seu banquete delicioso, nada mais justo que eles colaborem levando bebidas ou um prato. Dessa forma, não fica pesado para ninguém.
2) Calcule as quantidades

Não adianta fazer 5 pratos salgados, três tipo de arroz, duas sobremesas se a ceia natalina se resumir a  oito pessoas. Você não quer ir para 2017 com resto de comida do Natal de 2016 apodrecendo na geladeira, quer? Lembre que alimentos podem estragar, o que significa dinheiro jogado fora.


3) Dê preferência aos produtos nacionais

Com o dólar em alta, os produtos natalinos, que normalmente já têm preços elevados, estão ainda mais caros. Ouse na preparação de legumes e saladas e dê preferência às frutas da estação como abacaxi, manga, banana, melancia e laranja. Compre apenas o necessário.

4) Faça um amigo secreto
Ligue para a família e proponha um amigo secreto. Cada um só precisa comprar um presente, e que caiba no bolso de todos. É o mais utilizado e não tem erro. O sorteio dos amigos secretos deve acontecer com antecedência mínima de 10 dias. Presentes tradicionais, como roupas, calçados, objetos de decoração, acessórios, eletrônicos, etc são bem-vindos.

5) Pesquise antes de comprar

Pela internet dá para pesquisar rapidamente pelo melhor preço; você pode comprar no horário que quiser; não precisa lidar com vendedores inconvenientes e nem precisa enfrentar filas enormes para pagar. Mas antes de fechar a compra verifique se a loja informa CNPJ, telefone e endereço no site; desconfie de preços muito abaixo da média;e também observe o prazo e o valor para entrega, que pode encarecer bastante a compra.

6) Faça compra em lojas populares

Em tempos de crise financeira, não dá para se preocupar com marcas e modelos. Mas, é possível ficar linda gastando pouco, e de quebra, ainda ter peças únicas, para isso você pode apostar em um brechó. Esses estão fazendo o maior sucesso nas redes!


7) Recicle

Reaproveite brinquedos em bom estado. Aquela bicicleta do irmão mais velho que está parada pode fazer a alegria do caçula. Basta mandar pintar, trocar o banco, ou colocar adesivos novos. O smartphone ou o tablet antigo de algum adulto também pode alegrar a criança que deseja baixar seus joguinhos pelo computador.

8) Evite o parcelamento
A pessoa deve se perguntar qual é a real necessidade de dar um presente tão caro que necessite de um parcelamento. Se for para fazê-lo, divida o mínimo possível. Não é porque a loja aceita parcelar em dez vezes que você irá fazer isso, já comprometendo todo o orçamento de 2017.

9)Procure produtos com preços e qualidades similares
Às vezes é bom pagar um pouco mais caro para garantir um bom produto mas muitas vezes só estamos pagando pela marca quando podemos encontrar produtos similares tanto nas funcionalidades quanto nas qualidades. Vale investigar.

10) Aproveite as liquidações

Deixe as suas compras pessoais para janeiro, que é uma tradicional época de liquidações. Além disso, você já terá ganhado os seus presentes e poderá avaliar melhor o que ainda precisa comprar para as férias, por exemplo
Então é isso gente, sigam as dicas e  assegurem um início de 2017 mais tranquilo. Lembrem-se que vem por aí IPTU (com inflação), IPVA, matrícula, mensalidade, material escolar...Não tem como fugir… os boletos vão te encontrar e você não conseguirá botar na conta do Bom Velhinho…😁
E por fim, gostaram curtam, compartilhem, comentem e não esqueçam de se inscreverem lá nas minhas redes sociais para não perderem outras dicas.
Um suuuper beijo no coração!
Fanpage - CLIQUE AQUI
Instagram - CLIQUE AQUI
Twitter - CLIQUE AQUI
Email - claudiacma7@gmail.com

*Imagens do Google