sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Lei de Cotas para Deficientes – A Verdade que Nunca Ninguém te Contou



Hoje vamos continuar com a série sobre a Lei de Cotas para Pessoas com Deficiência, e se você não viu o primeiro texto da série, poderá lê-lo na íntegra aqui.
Refletindo sobre essa série, começamos a nos questionar sobre uma verdade que nunca ninguém nos conta sobre a Lei de Cotas, se existiria vida além dela.

Ao final do texto, você conhecerá alternativas além da Lei de Cotas

Não sabemos se você está entrado no mercado de trabalho agora, se já passou por várias ocupações, ao longo da vida, se sua deficiência é congênita ou se ela foi adquirida recentemente e você está em fase de readaptação e aceitação.
O fato é que toda Pessoa com Deficiência, que esteja em condições de trabalhar, lançou ou lançará mão, em algum momento, dos mecanismos da lei de cotas para inserção no mundo do emprego formal.
Afinal de contas, esse seria o caminho mais fácil e lógico a ser seguido, porque a lei foi criada para isso, para permitir que todos os deficientes em situação ativa possam ter seu trabalho, sua renda e sua liberdade, certo?
Então! Há controvérsias!
Todos sabemos que a lei de cotas não beneficia todos os deficientes. Claro que sabemos que existem deficiências e limitações mais patológicas que impedem a pessoa de ter uma vida mais ativa e ter uma atividade laboral.
Mas e os cadeirantes, os deficientes auditivos, visuais e intelectuais, como ficam frente a lei de cotas?
A maioria está em pleno vigor físico, tem formação e estão dispostos a trabalhar e não conseguem porque não existem empresas suficientes que queiram fazer algum tipo de adaptação para receber alguém que tenha alguma dessas deficiências.

Mas, e você! Antes de prosseguir reflita: Você acredita que exista vida além da Lei de Cotas? Deixe ao final do texto seu comentário nos dizendo isso.


Mas, diga aí!
Alguém, em alguma empresa, já te fez a seguinte pergunta: “O que podemos fazer ou melhorar em nossas instalações para que possamos te receber com dignidade e conforto?”
Para essa pergunta a resposta quase certa é que nenhuma lhe tenha abordado dessa forma em uma entrevista de emprego.
Deixamos claro que não somos xiitas radicais, por isso acreditamos que deva sim existir alguma empresa que pense de maneira mais inclusiva. E também não estamos dizendo que todos os profissionais de admissão sejam uma pedra de gelo na forma de tratar um candidato que busca uma vaga.
Mas, até quando vamos ficar dependendo que alguém se sensibilize com a falta de inclusão da Pessoa com Deficiência no mercado de trabalho?
Amigos, o fato é que estamos muito longe dessa situação chegar perto do razoável. Ainda há muitas questões a serem vencidas, muitas melhorias a serem implantadas e muitos paradigmas a serem quebrados.
Enquanto isso o tempo passa e vamos ficando para trás, frustrados e desacreditados de nós mesmos com tanto para oferecer e não tendo quem queira nos receber.
Aquele que consegue emprego, de repente já está garantido, certo? É pode ser! Mas não podemos esquecer que estamos em uma situação de 13 milhões de desempregados no Brasil.
Ou seja, não existe garantia de nada.
Porque se você não perde seu emprego, logo de cara, a empresa arruma mecanismos e desculpas para reduzir e abolir benefícios já adquiridos. Até que o desemprego bata a porta.
Então, recomeça o ciclo. Cansativo, não é mesmo?
Por isso que nós, aqui do Blog Dinheiro em Casa, somos insistentes em falar de trabalho a partir de casa, de Empreendedorismo Inclusivo e Auto-Emprego, pois cansamos de viver esse ciclo.
Somos pessoas sonhadoras, temos metas e objetivos para serem alcançados. Queremos muito mais da vida!
E então começamos a perceber que Existe Vida Além da Lei de Contas. E é essa vida que estamos buscando.
Você também pode se libertar, caso queira romper esse ciclo de frustrações. Basta sair da zona de conforto, do comodismo e se pôr em ação.
Existem tantas atividades que podem ser exercidas, tais como:
  1. Criação de blogs e sites;
  2. Venda Info-produtos;
  3. Traduções;
  4. Criação de conteúdo para blogs, sites e redes sociais;
  5. Editoração de vídeo, som e imagem;
  6. Transcrição de vídeos e áudios;
  7. Marketing de Relacionamento;
  8. Culinárias;
  9. Fabricação de jóias;
  10. Prospecção de clientes para empresas.
Essas são apenas algumas das infinitas atividades que você pode fazer a partir da sua casa.
Como pode ver, são atividades englobam todos os gostos e afinidades e para exercê-las precisa apenas da vontade de aprender coisas novas ou aprimorar alguma habilidade que já tenha.
Não caia na armadilha das falsas seguranças. Busque conhecimento, deixe a preguiça de lado e você verá quantas oportunidades te esperam para ser vividas.
Temos plena convicção que Existe Vida Além da Lei de Cotas. Vamos vasculhar o mundo para mostrar isso a quem esteja disposto a pensar e agir diferente como nós.
Se você não tem medo e nem preguiça de ir em direção contrária da maioria, continue seguindo o Blog Dinheiro em Casa participando com seus comentários e compartilhando com seus amigos.


👉Aproveite e conheça nosso Grupo de Debates e Discussões sobre o Tema noFacebook convide seus amigos.


A gente se fala no próximo post. Forte Abraço!

E aí, gostou do post?Então, curta, compartilhe, me siga nas redes sociais  pra não perder o que vem por ai!
Facebook - CLIQUE AQUI (pra não perder nada!)
Instagram - CLIQUE AQUI  (pra dicas rápidas!)
Twitter - CLIQUE AQUI  (pra economizar nas palavras!)


Nenhum comentário:

Postar um comentário