sexta-feira, 31 de março de 2017

O que estou usando no cabelo após a "crise" da Dermatite Seborreica

Gente, em agosto de 2016, eu escrevi um post chamado Como mulheres com deficiência e limitações nas mãos podem arrumar os cabelos? e lá eu comentei que eu vinha sofrendo com uma descamação no couro cabeludo. Essa descamação é consequência da Dermatite Seborreica, popularmente conhecida como caspa.

Exemplo de uma pessoa com Dermatite Seborreica 
Eu passei por 3 dermatologistas em poucos meses, gastei uma grana com shampoos, pomadas e loções e nada acabava com aquelas “casquinhas brancas” que saiam do meu couro cabeludo e deixavam minhas roupas pretas sujas e meu cabelo com cara de sem cuidado. As descamações também me provocavam coceiras, vermelhidão, sem falar que ao tentar retirar as caspas muitas vezes meu couro cabeludo chegava a ficar ferido, doer e sangrar.
Finalmente em novembro do ano passado procurei outro dermatologista e ele me perguntou se quando eu era criança eu tinha tido caspas. E eu respondi que quando eu era uma bebê de colo eu tive caspas as quais eram retiradas com óleo de coco.
Daí ele falou  que  eu tinha dermatite seborreica, quando criança tinha tido um “ataque” de caspa e a dermatite tinha ficado adormecida e só agora ela tinha “acordado” e eu estava tendo uma crise.
Ele falou que a dermatite seborreica não é contagiosa, não tem cura e as causas nem sempre são conhecidas. Porém, alguns fatores podem agravar o quadro, tais como:
  • Estresse
  • Clima seco ou frio
  • Mudanças bruscas de temperatura
  • Alterações hormonais
  • Doenças neurológicas
  • Alimentação de baixo valor nutritivo, especialmente com falta de proteínas
No tocante, ao tratamento ele requisitou alguns medicamentos específicos para a pele e couro cabeludo, a base de corticóides, ácidos e sulfato. O shampoo que ele recomendou tinha que ser utilizado num dia e no outro dia eu devia  utilizar um shampoo anticaspa daqueles que achamos no supermercado ou drogaria mais próxima de casa.
E depois que o cabelo estivesse limpo e seco passar uma loção ácida, durante 15 dias consecutivos, e retornar para uma avaliação médica 30 dias depois.No dia do meu retorno minha cabeça estava totalmente limpa e eu livre da coceira. Ele falou que eu devia lavar diariamente o cabelo e se eu tivesse outra crise voltasse a usar a medicação que ele passou.Mas nem tudo é perfeito né... Meu cabelo em razão do shampoo anticaspa estava muito ressecado.
Todavia, no início desse mês a Assessoria de Marketing da Kert Cosméticos me enviou um shampoo e um condicionador da  linha capilar Phyto Gen Coco Brazil. Como o próprio nome  sugere, os produtos possuem como ingrediente principal os bioativos de coco, encontrados na polpa verde da fruta. Ela é rica em vitaminas E, K ,A, B1, B2, B5 e C e minerais como potássio, magnésio, fósforo  e fibras.

São indicados para uso diário e para todos os tipos de cabelo e promete nutrir o bulbo capilar, revitalizar a fibra, evitar o fotoenvelhecimento capilar, restaurar o brilho e a luminosidade, devolver a maciez, força e elasticidade aos fios.
Como eu ainda continuava usando diariamente o shampoo anticaspa daqueles que achamos no supermercado ou drogaria mais próxima de casa fiquei receosa em usar os produtos da  Kert Cosméticos, mas decidi experimentá-los lembrando das palavras do médico que se eu tivesse outro “ataque” de caspa voltasse a usar a medicação.

E agora vou falar um pouquinho da minha experiência com o shampoo e o condicionador da linha capilar Phyto Gen Coco Brazil da Kert Cosméticos.Eles possuem um cheirinho maravilhoso de Coco docinho e juntos deixam o cabelo macio e brilhoso. As embalagens são lindas e práticas. O shampoo e o Condicionador 200 ml.

O shampoo contém 250 ml é bem leitoso, não possui sal, espuma bastante, deixa o cabelo bem macio, cheiroso e sem resíduos (a raiz sem oleosidade)  e apesar de possuir sulfato não desbota, nem agride o cabelo. A embalagem é bonita, com cara de produto de exportação a tampa trava bem, não causa desperdício e é de fácil uso para pessoas com pouca “destreza” nas mãos.
Já o Condicionador contém 200 ml (50 ml a menos que o frasco do xampu), possui base branca cremosa, rende bastante, precisa de pouco produto para condicionar o fios. Achei seu enxágue fácil e os fios ficam cheirosos, reestruturados e sem oleosidade. Também adorei o frasco do condicionador com a tampa flip-top como base a qual facilita a saída do produto, pois o creme fica sempre mais próximo da tampa (por gravitação).
Estou satisfeita com o resultado e amando os produtos da linha phytogen Coco Brazil.Pra quem quiser conhecer mais produtos desta e outras linhas da Kert é só acessar o site:http://www.kert.com.br/

E você sofre ou conhece alguém que sofre com o caso agudo e grave da Dermatite Seborreica?Recomendo procurar um dermatologista.E o que você utiliza para o cabelo não ficar ressecado? Compartilhem com a gente nos comentários!

Curtiu o post?Que tal apertar no botão curtir e dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o blog? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! 😃E pra quem  não quer perder nada e ainda não me segue é só apertar no botão recomendar!




quarta-feira, 29 de março de 2017

5 Passos para ser (não parecer) rica e ser feliz!

Você  já comprou um carro parcelado em 48 X? Tem o hábito parcelar uma roupa, smartphone, sapato ou qualquer outro objeto caro só porque seus amigos possuem? Ou você é aquele tipo de pessoa cujo Instagram está repleto de fotos que provam que você adora sair nos finais de semana com amigos para os restaurantes, bares e clubes mais badalados da cidade?
Tenha, cuidado! Você pode estar empobrecendo tentando parecer ser rica(o)! Quer ser rico (a) de verdade? Então, como dizia o Chapolim Colorado: “Sigam-me os bons”!
1  – Saiba o que é ser rico(a)
De acordo com o dicionário Aurélio, “Rico” é :
“Que ou quem tem muitos bens ou muito dinheiro”.
Ou seja, para ser uma pessoa rico(a) licitamente, você precisa ter bens com valor de mercado (como imóveis, empresas), dinheiro aplicado e rendimentos que te garantam uma vida tranquila.
E se você assim como eu não nasceu em berço de ouro, mas quer enriquecer de forma lícita o caminho é ter um padrão de vida ligeiramente inferior ao padrão que o seu salário é capaz de pagar, poupar e formar uma ótima reserva financeira. Essa reserva possibilitará que você tenha a liberdade para aproveitar uma oportunidade quando ela aparecer.
Imagine aquela casa que você tanto deseja comprar. Um dia, seu amigo, chega te dizendo que foi transferido e vai ter que vender a casa que mora. Você que já conhece a casa pergunta:
-Quanto custa?
E ele te responde:
-  R$ 140.000,00
Daí você pensa, pensa vai ao banco e pede para o bancário simular o financiamento da casa e descobre que você comprará 1 casa, mas  pagará  3 casas .
Agora suponha, que você é aquele tipo de pessoa que não compra por impulso,  poupa pequenos valores todos os meses ao longo de anos e sempre pôde contar com a “mágica” dos juros compostos e hoje possui exatamente os R$ 140.000,00, sem um centavo a mais nenhum centavo a menos.Daí ele pergunta para o proprietário da casa:
-Compro por R$ 120.000,00.Topas?
E o proprietário da casa que está com pressa para vender o imóvel e sabendo das dificuldades geradas pela crise econômica no mercado imobiliário acaba aceitando. Assim, ao mesmo tempo, ele acaba evitando a possibilidade de que o imóvel fique vago por muito tempo e você adquiriu o imóvel e não precisou se endividar.
2-Não seja uma pessoa “vida-boa”
Rafael Seabra em um dos seus artigos nos lembra que devemos “[...] prestar bastante atenção, [...] que a mídia mostra o “vida-boa” como uma pessoa que mora num ótimo apartamento, tem sempre o carro do ano na garagem, tem os melhores cartões de crédito, um padrão de vida elevadíssimo, e por aí vai…
Por outro lado, eles não mostram que o apartamento foi financiado em 35 anos, que o carro foi comprado em 60 prestações, que todos os cartões de crédito estão com seus limites estourados e que ele tem que trabalhar feito um louco para conseguir sobreviver.
O “vida-boa”, na verdade, é um escravo do trabalho, que não tem liberdade alguma por estar sempre endividado. Ele vive de aparência, valorizando seu status”.
3-Estabeleça metas
Você é aquele tipo de pessoa que vai ao shopping no domingo a noite e chega em plena segunda - feira se exibindo com aquele celular última geração, parcelado em 10 X no cartão?! Desculpe-me mas, dificilmente você irá ficar rica no mesmo prazo...
Para ser rico(a) de verdade, você deve estabelecer metas que são objetivos ou sonhos de curto, médio e longo prazo. Uma ótima dica da Nath Arcuri é jamais “[...] crie uma meta de “ser rico”, mas pense em juntar seis meses de salário para ter uma reserva de emergência, para começo de conversa, ou começo de poupança. Além disso, faça metas reais, que você sabe que com mudanças no hábito de consumo você conseguirá cumprir. O que queremos dizer é: se você ganha R$ 2 mil e não tem nada guardado não adianta fazer uma meta de viver de renda daqui 3 meses porque não vai rolar. Além disso, os planos mudam ao longo dos anos. Se daqui uns meses você ver que precisa de mais dinheiro (ou menos para realizar seu plano) ou mesmo mudar a cidade onde quer comprar a casa, por exemplo, não hesite em sentar e rever o objetivo”.
4- Pare de jogar dinheiro fora
Evite comprar produtos de marca. Geralmente, as mais conhecidas também são mais caras e não são essenciais à sua vida. Então busque marcas alternativas,que não são tão caras.Uma dica do site Finanças Femininas é “compare os rótulos: se os ingredientes forem muito parecidos, não há motivo para gastar mais dinheiro quando se pode economizar, não é mesmo?”
Também é preciso ter muito cuidado com as “compras por impulso” e não cometer o mesmo erro do Cebolinha.
5- Opte pelo parcelamento invertido
Comprar parcelado é bem melhor, né? Mentira! Já que em cada mensalidade são cobrados juros altos. Então, a dica é fazer o parcelamento invertido, ou seja, guardar todo mês o dinheiro da parcela e comprar à vista, quando tiver toda a grana guardada, à disposição. Dessa forma, é possível ainda conseguir um bom desconto.
Você vai ver que vai sobrar dinheiro! Caso não possa esperar e tenha que comprar o produto, use o cartão de crédito. Entretanto, antes de parcelar, pergunte sobre os juros e veja nos concorrentes se não acha uma oferta melhor.
Gostou das dicas? Então curta a nossa página no Facebook e nos siga no Instagram para ficar por dentro de mais conteúdos como este!

Deixe aqui o seu comentário

sexta-feira, 24 de março de 2017

Sorteio do Livro Etiqueta e Contraetiqueta




Pessoal, nesta Páscoa o blog DE PAPO COM CLAUDINHA em parceria com a CHIADO EDITORA e o blog CASADAPTADA vão sortear o livro: ETIQUETA E CONTRAETIQUETA da autora Doris Azevedo.

SINOPSE

Este é um livro que ensina com muito bom-humor as regras de comportamento. Questionar regras e apontar opções é uma característica da autora Doris Azevedo, conhecida consultora empresarial. Simples e objetiva a obra ilustra desde atitudes adequadas ao cotidiano até a sugestão de postura em situações inusitadas.
A Contraetiqueta proposta pela autora é a contestação de regras passadas de geração em geração, sem questionamento  e  a  Etiqueta Inclusiva, é espelhada em seu momento atual de pessoa com deficiência física, que permite-se participar de todas as oportunidades sociais e profissionais que deseje, sem constrangimentos.
E como diz Doris Azevedo: “Com naturalidade e bom-humor é possível ser elegante em qualquer circunstância! sem perder a alegria e o encantamento pela vida.”


Para participar é bem simples, você deve fazer parte do nosso álbum do facebook “LEITORES DA CASA”, para isso envie sua foto/selfie pro email: sorteios@casadaptada.com.br e seguir os seguintes passos:


2–Enviar uma foto e frase para o nosso e-mail: sorteios@casadaptada.com.br ou direct informando o seu e-mail.

3–Compartilhar o banner do sorteio publicamente em seu perfil do Facebook ou Instagram com a hastag #Casadaptada/@Casadaptada e #DepapocomClaudinha /@claudiacma7

Quem já nos enviou uma foto em outro sorteio não precisa mandar de novo, é só seguir o 3º passo.
Caso não cumpra os passos acima, o sorteado perderá seu direito ao prêmio e será realizado outro sorteio a fim de definir um novo ganhador(a).
Serão 3 ganhadores nesse sorteio.

COMPARTILHE O BANNER:
E aí, gostaram da surpresa? Então, siga nossas fanpage Casadaptada e de De Papo com Claudinha ,envie sua foto e compartilhe o banner.E para quem ainda tem dúvidas sobre como seguir uma fanpage,de um blog, basta seguir o exemplo abaixo.
Clique em https://www.facebook.com/depapocomclaudinha/  e clique no botão seguir que, no seu facebook,  se encontra abaixo dessa seta rosa que eu desenhei.


segunda-feira, 20 de março de 2017

5 Dicas para economizar dinheiro no dia a dia

Sabe aquele momento que você percebe que o dinheiro acabou, mas o mês não... Você tem a sensação que você gasta dinheiro até para respirar? Quer aprender a poupar dinheiro mesmo ganhando pouco? Então, veja algumas dicas simples e poderosas de como economizar dinheiro!

1-Cheque o seu extrato bancário toda semana

Da mesma forma que você checa para ver se seu salário caiu direitinho é preciso olhar as entradas e saídas de dinheiro na sua conta. Saiba a senha da internet do seu banco e assim você pode controlar com mais facilidade sua vida financeira.


2- Faça Listas

Apesar de ser um método antigo, ele continua funcionando muito bem. Essa anotação pode ser realizada no papel ou num aplicativo de celular e ajuda e muito na organização das finanças. O objetivo das listas é que as compras por impulso sejam evitadas. Um bom controle financeiro exige que tenhamos uma ideia exata do que é realmente básico e o que não passa de luxo.

Uma boa dica que o site Meu Bolso Feliz nos dá é: “O mês começou e você não sabe direito tudo que terá de despesas, além das essenciais como pagamento de luz, telefone etc. Comece fazendo um checklist de tudo que precisa comprar e todos os gastos que terá. E mais: continue se organizando, fazendo listas ao longo do mês: mercado, material escolar, o que realmente falta no seu guarda-roupa. As listas ajudam a priorizar o que realmente importa e deixar de lado os supérfluos”.

Faça também listas de sonhos. O que você quer comprar na próxima semana, no próximo mês, no próximo ano e por aí vai...É isso o que chamamos de sonhos de curto, médio e longo prazo. Quanto mais você souber, mais claro você tiver essa ideia do que você quer de verdade menos você gastará dinheiro com o que não é importante.
3-Peça Descontos
Os brasileiros têm vergonha de pedir desconto.Parece que alguém falou para eles que pedir desconto é feio.Jamais tenha vergonha de pedir um desconto, principalmente se o pagamento for à vista.Uma dica é não perguntar se tem desconto e sim perguntar quanto é o desconto. Se mesmo assim, o vendedor falar que não tem desconto peça para chamar o gerente e se ele também falar que não há desconto. Aí você pede para ele dar uma olhadinha no sistema.
O blog Meu Bolso Feliz, ainda nos lembra que “no fim de 2016 o Governo autorizou que os lojistas cobrem preços diferentes para um mesmo produto de acordo com a forma de pagamento (cartão de crédito, dinheiro, parcelamento etc). Por isso, sempre converse antes de fazer a compra e decida qual a melhor forma de pagamento em cada ocasião”.
4-Pesquise

Pesquisar é uma atitude imprescindível para quem pretende economizar.Quanto mais você souber sobre o produto que quer e sobre os concorrentes, mais segura vai se sentir na hora de pedir um desconto. Isso vale para roupas, serviços, legumes na feira, carros e até imóveis. Com a internet dá pra fazer a pesquisa e depois sair para as lojas físicas.E quando chegar à loja faça uso do que Nath Arcuri chama de TÉCNICA DA CARA DE PAISAGEM.

Essa técnica consiste simplesmente ao chegar na loja “olhar como quem não quer nada, perguntar sobre mais de um aparelho, como se estivesse indecisa e aí sim partir para o ataque da pechincha!” Nesse momento você solta o que Nath Arcuri apelidou de frases de efeito que são algumas frases testadas e aprovadas por ela, na busca por descontos:

“– Na outra loja é mais barato.

–Na internet é mais barato
– O que você pode fazer pra baixar esse preço?
– Até quanto você pode chegar?  – geralmente essa pergunta vem seguida de um argumento como: ‘só meu chefe pode dar o desconto maior’.
– E cadê seu gerente/chefe?
– Eu só tenho X…
– A vista tem desconto? (clássica)”

5- Exclua gastos desnecessários do seu dia a dia
Você é como eu viciada em café? Todo mundo sabe que o brasileiro é um povo amante do café,né?! Mas, você deve estar se perguntando: o que tem a ver café com dinheiro? A resposta é simples mas, vai doer um pouco tá!??
Então,vamos supor que o cafezinho lá no restaurante ou lanchonete que você bebe todos os dias custa R$ 3,00. Daí você diz:
-Deixe de ser mão de vaca é apenas R$ 3,00.
E eu digo:
-Bem, eu fiz as contas e descobri que em uma semana você gasta R$ 15,00 com cafezinho.Em um mês com 4 semanas você gasta R$ 60,00 e em um ano com 11 meses, pois num mês do ano você está de férias, você gasta 660,00 apenas com cafezinho.
CONTA SEMANA      CONTA MENSAL        CONTA ANUAL
1 DIA = 3,00   1 SEMANA=15,00      1MÊS= 60,00
5 DIAS= X           4 SEMANAS= Y          11 MESES=Z



X=15,00              Y= 60,00                   Z= 660,00


Supondo que um pacote de 500 gramas de café moído é capaz de produzir 25 xícaras de café coado (500 gramas  : 20 gramas = 25 xícaras). Considerando a quantidade e o preço do pacote de café abaixo dá para você economizar e continuar tomando o seu café todos os dias. Então, a dica é você levar o pacote para o trabalho e preparar lá.

Mas,se você não é adepto a isto, pense em gastos que você possui e que podem ser evitados ou então reduzidos. Por exemplo, já parou para pensar na possibilidade de mudar seu pacote de dados do celular e contratar um mais simples?! Como nos lembra a Maiara Xavier do blog Mulher Rica “ às vezes você pode estar ultrapassando e pagando valores adicionais, ou até mesmo, contratou um pacote que vai além da sua necessidade. Nesse caso, vale muito a pena diminuir.
E aí gostou das dicas? Então sonhe, mude de atitude, cuide do seu dinheiro, compartilhe essas dicas com sua família e seus amigos e seja feliz!
Quer continuar recebendo de graça dicas de consumo consciente, pechinchas e economia simplificada? É só deixar sua curtida e acompanhar o "De papo com Claudinha" nas redes sociais:
Instagram: @claudiacma7
Fanpage: https://www.facebook.com/depapocomclaudinha/