sexta-feira, 31 de março de 2017

O que estou usando no cabelo após a "crise" da Dermatite Seborreica

Gente, em agosto de 2016, eu escrevi um post chamado Como mulheres com deficiência e limitações nas mãos podem arrumar os cabelos? e lá eu comentei que eu vinha sofrendo com uma descamação no couro cabeludo. Essa descamação é consequência da Dermatite Seborreica, popularmente conhecida como caspa.

Exemplo de uma pessoa com Dermatite Seborreica 
Eu passei por 3 dermatologistas em poucos meses, gastei uma grana com shampoos, pomadas e loções e nada acabava com aquelas “casquinhas brancas” que saiam do meu couro cabeludo e deixavam minhas roupas pretas sujas e meu cabelo com cara de sem cuidado. As descamações também me provocavam coceiras, vermelhidão, sem falar que ao tentar retirar as caspas muitas vezes meu couro cabeludo chegava a ficar ferido, doer e sangrar.
Finalmente em novembro do ano passado procurei outro dermatologista e ele me perguntou se quando eu era criança eu tinha tido caspas. E eu respondi que quando eu era uma bebê de colo eu tive caspas as quais eram retiradas com óleo de coco.
Daí ele falou  que  eu tinha dermatite seborreica, quando criança tinha tido um “ataque” de caspa e a dermatite tinha ficado adormecida e só agora ela tinha “acordado” e eu estava tendo uma crise.
Ele falou que a dermatite seborreica não é contagiosa, não tem cura e as causas nem sempre são conhecidas. Porém, alguns fatores podem agravar o quadro, tais como:
  • Estresse
  • Clima seco ou frio
  • Mudanças bruscas de temperatura
  • Alterações hormonais
  • Doenças neurológicas
  • Alimentação de baixo valor nutritivo, especialmente com falta de proteínas
No tocante, ao tratamento ele requisitou alguns medicamentos específicos para a pele e couro cabeludo, a base de corticóides, ácidos e sulfato. O shampoo que ele recomendou tinha que ser utilizado num dia e no outro dia eu devia  utilizar um shampoo anticaspa daqueles que achamos no supermercado ou drogaria mais próxima de casa.
E depois que o cabelo estivesse limpo e seco passar uma loção ácida, durante 15 dias consecutivos, e retornar para uma avaliação médica 30 dias depois.No dia do meu retorno minha cabeça estava totalmente limpa e eu livre da coceira. Ele falou que eu devia lavar diariamente o cabelo e se eu tivesse outra crise voltasse a usar a medicação que ele passou.Mas nem tudo é perfeito né... Meu cabelo em razão do shampoo anticaspa estava muito ressecado.
Todavia, no início desse mês a Assessoria de Marketing da Kert Cosméticos me enviou um shampoo e um condicionador da  linha capilar Phyto Gen Coco Brazil. Como o próprio nome  sugere, os produtos possuem como ingrediente principal os bioativos de coco, encontrados na polpa verde da fruta. Ela é rica em vitaminas E, K ,A, B1, B2, B5 e C e minerais como potássio, magnésio, fósforo  e fibras.

São indicados para uso diário e para todos os tipos de cabelo e promete nutrir o bulbo capilar, revitalizar a fibra, evitar o fotoenvelhecimento capilar, restaurar o brilho e a luminosidade, devolver a maciez, força e elasticidade aos fios.
Como eu ainda continuava usando diariamente o shampoo anticaspa daqueles que achamos no supermercado ou drogaria mais próxima de casa fiquei receosa em usar os produtos da  Kert Cosméticos, mas decidi experimentá-los lembrando das palavras do médico que se eu tivesse outro “ataque” de caspa voltasse a usar a medicação.

E agora vou falar um pouquinho da minha experiência com o shampoo e o condicionador da linha capilar Phyto Gen Coco Brazil da Kert Cosméticos.Eles possuem um cheirinho maravilhoso de Coco docinho e juntos deixam o cabelo macio e brilhoso. As embalagens são lindas e práticas. O shampoo e o Condicionador 200 ml.

O shampoo contém 250 ml é bem leitoso, não possui sal, espuma bastante, deixa o cabelo bem macio, cheiroso e sem resíduos (a raiz sem oleosidade)  e apesar de possuir sulfato não desbota, nem agride o cabelo. A embalagem é bonita, com cara de produto de exportação a tampa trava bem, não causa desperdício e é de fácil uso para pessoas com pouca “destreza” nas mãos.
Já o Condicionador contém 200 ml (50 ml a menos que o frasco do xampu), possui base branca cremosa, rende bastante, precisa de pouco produto para condicionar o fios. Achei seu enxágue fácil e os fios ficam cheirosos, reestruturados e sem oleosidade. Também adorei o frasco do condicionador com a tampa flip-top como base a qual facilita a saída do produto, pois o creme fica sempre mais próximo da tampa (por gravitação).
Estou satisfeita com o resultado e amando os produtos da linha phytogen Coco Brazil.Pra quem quiser conhecer mais produtos desta e outras linhas da Kert é só acessar o site:http://www.kert.com.br/

E você sofre ou conhece alguém que sofre com o caso agudo e grave da Dermatite Seborreica?Recomendo procurar um dermatologista.E o que você utiliza para o cabelo não ficar ressecado? Compartilhem com a gente nos comentários!

Curtiu o post?Que tal apertar no botão curtir e dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o blog? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! 😃E pra quem  não quer perder nada e ainda não me segue é só apertar no botão recomendar!




2 comentários:

  1. Claudinha se.fosse possível vc poderia me.mandar a medicação utilizada por vc ? Estou utilizando somente o celamina ultra mas não sei se estou tendo muito resultado email:thamirescaiafa26@outlook.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Thamores!Tudo bem?
    Desculpe a demora em responder, pois tive problemas com a caixa de comentários.
    Já em relação a medicação a minha foi manipulada, a fórmula fica lá no laboratório.

    Bjs!

    ResponderExcluir