domingo, 2 de julho de 2017

Quanto custa sua tranquilidade?

Seja para realizar um sonho, garantir uma aposentadoria tranquila ou simplesmente para cobrir as despesas provenientes de um imprevisto como uma doença ou o conserto do carro a reserva financeira é fundamental.
Segundo Elen Angela, coach  de finanças pessoais “ter uma reserva financeira é a base para a pessoa ou família iniciar o caminho rumo à estabilidade financeira . É comum as pessoas com bons salários ficarem confortáveis e gastarem tudo ou até mais do que ganham e aí, quando acontece qualquer imprevisto, ficam sem recursos financeiros. Com a reserva financeira esse problema pode ser menor ou, até, não existir”
Um bom exemplo de imprevisto é o que está acontecendo com servidores públicos de locais como Rio de Janeiro e Caicó que possuíam um salário fixo, que todos os meses, caia na conta e de uma hora para outra passaram a receber seus salários com atrasos. Quem possuía uma reserva, está conseguindo pagar as contas sem juros, já quem não tinha anda recorrendo a empréstimos e por consequência mais dívidas.  
A situação também é muito parecida para aquelas pessoas que perderam o emprego. Aquelas que tinham uma reserva financeira estão conseguindo enfrentar com mais serenidade o temido monstro do desemprego.Mas,você sabe como se monta uma reserva financeira? E onde esse dinheiro deve ser deixado?Não! Então, veja as dicas abaixo para você que pretende iniciar sua reserva:
1)ANALISE O ORÇAMENTO
Veja o quanto sobra no fim do mês. Não está sobrando nada? Então está na hora de avaliar o que pode ser cortado e fazer ajustes – cancele a TV por assinatura, consuma menos energia ou adote um plano de celular mais acessível.Sobrou apenas R$ 40,00… Ótimo! A partir de agora esse dinheiro vai ser destinado a pagar uma outra conta. Não adianta fazer essa cara de espanto.
Afinal de contas, uma boa estratégia para começar a montar uma reserva de emergência é que a mesma possua o mesmo peso no orçamento das contas de água, luz, telefone.Ou seja, você pagará uma conta a você mesmo.
2)FAÇA APLICAÇÕES AUTOMÁTICAS
Concordo com Elen Angela quando ela diz que “‘muita gente prefere pagar prestações, pois a obrigatoriedade da prestação em débito automático faz a gente se acostumar a viver com menos dinheiro. Então, se você pode pagar uma prestação por que não pode fazer aplicação automática mensal’”.Também não podemos deixar de destacar que sua reserva tem que estar em uma aplicação de fácil resgate.
3)VALOR DE UMA BOA RESERVA FINANCEIRA
Para calcular o quanto de dinheiro deve existir numa reserva financeira você deve saber quanto você gasta por mês com necessidades básicas (alimentação, moradia, transporte, saúde). Depois você deve pensar que em média uma pessoa que perdeu o emprego demora em média 8 meses para se recolocar no mercado de trabalho.Sabendo disso devemos economizar o suficiente para cobrir o período de 8 meses a 1 ano.
Eu sei que você está pensando, mas é muito dinheiro!Eu sei disso.Mas, se os imprevistos fazem parte da vida o sofrimento causado por eles pode ser menor quando existe uma reserva financeira.
E aí gostou do post? Então, deixe seu joinha aqui embaixo e compartilhe com familiares e amigos para que possamos driblar os imprevistos.Para mais dicas de economia doméstica, consumo consciente e economia simplificada me siga no instagram e no facebook é de graça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário