segunda-feira, 16 de março de 2020

Ganho menos que meu namorado e agora?

A loja Alianças Rubi me convidou para falar sobre dinheiro  para os apaixonados de plantão. Logo me lembrei que há alguns meses atrás  fiz um processo de coaching financeiro com uma moça que tinha recebido um anel de compromisso
Ela me confessou que esse dia foi de uma felicidade imensa mas, dias depois vieram algumas dúvidas e preocupações pois, ele ganha bem mais que ela e ela estava se sentindo insegura. 
ALIANÇA DE PRATA AMARE LOVE GOLD
Ela ganhava pouco, um salário de estagiária, e se sentia mal por não conseguir contribuir igualmente  financeiramente no relacionamento. Ela não estava sabendo lidar com essa situação, não queria se sentir inferior e queria parar de sentir culpa todas as vezes que saiam para jantar ou ir a algum lugar e não poder rachar a conta de forma igual. 

A partir da história dessa minha cliente decidi fazer um post, apresentando algumas questões que discuti com ela para que ela lidasse com essa situação da melhor forma possível.  

1- SAIBA O QUE VOCÊ QUER FAZER COM SEU DINHEIRO 
Pense no que realmente você quer fazer com o seu dinheiro, quais são suas metas individuais de vida.Segundo Nathália Arcuri, o ideal é que você separe  “o dinheiro que você ganha todos os meses em 5 partes e dê um destino certeiro pra ele, sem dar bobeira de deixar essa tarefa pra amanhã. Pra te dar o passo a passo da receita imaginei um salário de R$1.000”.⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 
PRA ESSA RECEITA VOCÊ VAI PRECISAR: 
📌55% OU R$550 PARA O QUE É ESSENCIAL 
📌10% OU R$100 PARA APOSENTADORIA 
📌5% OU R$50 PARA EDUCAÇÃO – LIVROS, CURSOS 
📌20% OU R$200 PARA OBJETIVOS DE MÉDIO E LONGO PRAZO – VIAGEM/ ABRIR UM NEGÓCIO 
📌10% OU R$100 PRA GASTAR COM O QUE VC QUISER! 

Depois que você fizer isso, você vai saber quanto vai ter para contribuir com esse relacionamento. Conforme, o exemplo acima ela definiu que poderá gastar até R$ 100,00 por mês quando saírem. 

2-DIALOGUE SEMPRE 
O primeiro passo para acertar as finanças do casal é ter uma conversa sincera. Se você acha que falar sobre dinheiro com seu amor dá urucubaca, vai por mim quanto mais se prorroga esse tipo de conversa, maiores são as chances de que a discussão a respeito desse tema realmente acabe mal. 
ALIANÇA DE PRATA AMARE
Se você nunca tocou nesse assunto com o seu amor, faça isso já! Sentem para um bate papo sem rodeios e explique para ele que você ganha pouco, fale de suas metas pessoais e seja franca dizendo com quanto poderá contribuir com esse relacionamento. Pergunte se a pessoa quer realmente continuar com você diante do valor que você pode contribuir e,  se isso, não representará nenhum problema para o futuro do relacionamento. 

Comunicação e companheirismo são essenciais para um bom relacionamento. Caso seu namorado faça questão de pagar quando vocês forem a um restaurante, cinema ou outro local, assuma outros custos, como estacionamento, pipoca no cinema ou até o dinheiro para combustível etc. 

3- SEJA FLEXÍVEL PARA MOLDAR O ORÇAMENTO 
Quando você começa um relacionamento, é preciso que os estilos de vida dos dois se adequem para que a convivência seja ausente de conflitos, e isso também vale para as finanças.  

Muitas vezes as pessoas gastam mais dinheiro em coisas diferentes e é preciso compreender essas individualidades e estar propenso a modificá-las para o bem comum. Ambos os lados terão que ceder de vez em quando, tanto para gastar, quanto para poupar. 
Tem alguma dica para os apaixonados que procuram por uma vida financeira tranquila e equilibrada? Conte para a gente suas técnicas! Comente! 
E não deixe de me acompanhar nas redes sociais.         
Fanpage - CLIQUE AQUI          
Instagram - CLIQUE AQUI          
Twitter - CLIQUE AQUI           

Nenhum comentário:

Postar um comentário